Skip links

Nossa inspiração é a qualidade de vida

Todo mundo quer viver mais e melhor. Queremos ter saúde, plenitude e liberdade para desenvolver nossas atividades da forma que nos convém. E o que a alimentação tem a ver com tudo isso? Meio que sem querer, quase que filosofando sobre a vida, o universo e tudo mais, iniciamos um processo de observação.

Antes de formarmos uma sociedade propriamente dita, numa roda de amigos, começamos a nos questionar sobre o modo de vida atual, sobre o comportamento social das pessoas, sobre os tipos de fome que existem, sobre o que é comida realmente saudável. Não chegou a ser uma dúvida cruel, nem nada disso. Mas era uma questão que ficou martelando por um tempo. Meio que cozinhando em banho-maria. Assim, fomos em busca de respostas.

Tal qual detetives do sabor saímos em uma pesquisa para descobrir onde e como as pessoas viviam melhor. Encontramos as Blue Zones, áreas onde a população ultrapassa a faixa etária dos 100 anos numa boa. Algumas dessas regiões se encontram na Itália, Grécia, Japão. Os habitantes das “Zonas Azuis” compartilham estilos de vida em comum que contribuem para sua longevidade. Entre elas:

  • Família em família,
  • não ao fumo,
  • dieta à base de vegetais,
  • atividade física constante e moderada,
  • socialização com a comunidade.

O comportamento das Blue Zones deu origem a um movimento conhecido como Slow Food. Um conceito que se contrapõe ao fast food e convida a fazer do momento da refeição, um instante consciente, que valoriza não apenas o ato de comer, mas também comida saudável, produzida localmente e que respeite o meio ambiente.

Depois de realizar essa intensa pesquisa científica, montamos uma equipe de chefs e nutricionistas em sintonia com esses conceitos apresentados pelo Slow Food e Blue Zones para criar um cardápio com os ingredientes mais adequados para uma alimentação mais saudável com comida de verdade. E claro, agradável ao nosso paladar aqui no Brasil.

Claro, que isso estava soando meio sem graça, sem a nossa identidade. Então colocamos o nosso toque pessoal, a cereja do bolo, que deu aquela cara divertida para o Gud Fud. Levando em conta, principalmente que é divertido fazer o que se gosta. Além do cardápio não ser feito com base nas dietas cheias de regras, o que é uma chatice.

E foi assim que tudo começou. Uma pergunta levou a outra. De uma dúvida, algo novo. Te esperamos no salão para experimentar uma comida fun, fresh e de verdade, sem chatice! Vem!